UTI e Semi-Intensiva Geral


A UTI Geral do Hospital Agenor Paiva iniciou suas atividades há mais de duas décadas e vem evoluindo continuamente.

Equipe

A equipe da UTI Geral é Multidisciplinar, formada por um grupo de Médicos, Enfermeiros e Fisioterapeutas especializados em Terapia Intensiva. Contamos também com o apoio de Nutricionistas, Nutrólogos, Fonoaudiólogos, Odontólogos e especialistas em cirurgia Buco­Maxilo.

Segurança

As rotinas e procedimentos realizados dentro do serviço seguem o Guia da UTI Segura (GUTIS) da Amib (Associação de Medicina Intensiva), acompanhados por indicadores, análises e técnicas de gestão em saúde que avaliam e confirmam o engajamento da equipe.

Estrutura Física

A UTI Geral possui 16 leitos, sendo 10 destinados a terapia intensiva e 6 a semi­intensiva. Temos 3 quartos privativos para casos específicos.
Os equipamentos visam a segurança dos pacientes e a tranquilidade da equipe: Monitores Dixtal, leitos eletrônicos Hill-Rom, com seus colchões de alta tecnologia, respiradores Dragger para ventilação invasiva e não invasiva, hemodiálise Prisma-Flex e Fresenius, para HD contínua e intermitente, balança, prancha ortostática, entre outros. Permitem a realização de procedimentos complexos, estando em acordo com as normas da ANVISA, AMIB, SESAB bem como às normas internacionais de segurança.
 

Coordenadoras Médicas:

Maristela Machado CRM 8799
Josianne Guimarães CRM 8756


Algumas dúvidas freqüentes:

A família e os amigos desempenham um papel importante.

• Podem ajudar trazendo boas notícias, transmitindo afeto e compaixão.
• Carinho é sempre o melhor remédio.
• Podem auxiliar trazendo exames, receitas, informações médicas, relatórios.
• Podem ainda ajudar na prevenção de infecções, higienizando as mãos adequadamente, evitando visitas caso estejam com algum problema de saúde, mesmo um simples resfriado, usando o equipamento de proteção quando orientados, além de evitar transitar em outros leitos.

Como funciona a rotina de visitas?

• São 3 horários diferentes.
• Temos um horário de visitas de 11h às 12h, seguida do boletim médico fornecido a partir das 12h pelo médico diarista ou plantonista.
• À tarde, um horário de visitas de 16h às 17.
• Temos um programa de visita estendida, à partir das 14 hs até às 17. No caso das famílias que optarem pela visita estendida, será necessário um contato para avaliação da possibilidade, tendo em vista o melhor interesse dos nossos pacientes.
• À noite, temos a possibilidade da visita às 20h.

Como falo com o Médico?

• O Boletim da rotina é fornecido à família ou seus representantes à partir das 12 hs pelo Médico Diarista ou Plantonista, logo após o encerramento do horário de visita.
• Faça seus questionamentos com tranquilidade, esclareça suas dúvidas. A comunicação clara com os familiares é uma prioridade da nossa unidade.
• Quando o paciente tiver um outro médico acompanhando o caso, que não esteja no Hospital no momento do Boletim, o agendamento do horário da conversa será feito através do Serviço Social.

Que equipamentos são usados na UTI?

• Temos vários equipamentos diferentes, vamos tratar dos mais comuns:
• Monitores (mostram os sinais vitais, ou seja, batimentos cardíacos, oxigenação, pressão arterial, etc);
• Bombas de infusão, que controlam precisamente a quantidade de líquido e medicamentos administrados aos pacientes;
• Respiradores, que oferecem oxigênio e substituem parte dos movimentos respiratórios;
• Máquinas de diálise, que substituem parte da função dos rins.

Como se constitui a equipe da UTI?

Temos um médico plantonista, um médico diarista em cada turno, (manhã e tarde), enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, além de outros profissionais que atuam em sistema de inter-consulta.